Buscar

As quatro regras para fazer anotações

Muito bom dia, boa tarde ou boa noite para você que já voltou com tudo para a escola ou faculdade! Como é março, muitos dos professores já devem estar passando uma boa quantia de explicações, ou quem até até já marcaram alguma atividade avaliativa.


Nessas horas, para conseguirmos acompanhar as aulas, é muito importante que consigamos ter as anotações em dia. Mas... como podemos fazer elas? Às vezes, quando ouvimos as aulas, parece que não sabemos nem por onde começar, não é? Se esse for o seu caso, fica tranquilo que nós temos aqui cinco dicas incríveis para você tirar o melhor proveito da aula.


1. Você não precisa anotar tudo

Para que seu pulso não se canse ou que você não se perca enquanto está escrevendo, tenha no caderno só as palavras-chaves do tema, perguntas e fatos que você achar interessante. Fique bem de olho na maneira que o professor fala: se ele der muita entonação em uma palavra ou repetir alguma informação várias vezes, é provável que ele pergunte sobre isso nas provas.


2. Use o método que mais se encaixa no seu estilo

Mapas mentais, tabelas, linhas gerais, método Cornell... você já deve ter ouvido falar de um desses nas redes sociais. E acredite se quiser: eles funcionam! Você só precisa testar nas aulas qual deles você se sente mais confortável em fazer. Ou, quem sabe, você pode criar seu próprio método!


3. Revise em casa

Essa é uma maneira simples e efetiva de reforçar o conteúdo da aula na sua mente! Se no fim do dia ou no começo da manhã simplesmente pegar suas anotações e dar uma lida, isso já vai te ajudar bastante! Você pode aproveitar para pesquisar as perguntas que você teve em aula.


4. Complete com materiais externos

Além de prestar atenção no que foi dito em aula, é interessante que você em casa também tenha sua própria pesquisa sobre o conteúdo! Você pode não apenas revisar os livros da escola e anotar informações novas que você achar importante, como também acessar vídeos e sites! Só tome cuidado para sempre pegar fontes confiáveis, viu? Nossas principais recomendações são o Guia do Estudante, Khan Academy e Brasil Escola!



7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo